quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Dos últimos tempos...

Publicado por Desnorteada às 10:31 da tarde

A auto-estima é um estado de espírito, um oásis que deve ser procurado no território da emoção. Cada mulher, homem, adolescente e criança deveria ter um caso de amor consigo mesmo, um romance com a própria vida, visto que todos possuem uma beleza física e psíquica particular e única
Augusto Cury

Descobri há uns meses que tenho um problema de auto-estima grave. Foi-me diagnosticado como um problema recente, mas logo, logo, foi fácil, detectá-lo como um problema de longa data. Acho que dificilmente o vou conseguir derrubar sozinha, sem ajuda e sem apoio. Sei que muitas das coisas que penso a meu respeito não fazem grande sentido... só que a razão versus emoção nem sempre leva a melhor. Por isso, tento em cada dia aprender algo que me faça acreditar que eu não sou um E.T., que no futuro vou ter as mesmas oportunidades que qualquer pessoa tem e que parte do que me aconteceu não foi culpa minha. Deveria gostar mais de mim. Deveria saber o que valho. Deveria, efectivamente, apostar na máxima de que a vida nem sempre nos sorri, mas faz parte de nós fazer-lhe cócegas. Deveria, eu sei... mas como? Como se volta a confiar depois de várias desilusões? Como se volta a querer dar de nós quando o que recebemos é muito pouco? Como encarar o futuro com um sorriso, se o passado e o presente são feitos de lágrimas? Como se volta a acreditar em nós? 

5 comentários:

Pedro disse...

Não percebo esse teu problema, nem sei porque te sentes assim. Não tens motivos nenhuns para isso: és linda, inteligente, divertida, simpática e ainda por cima, contigo, nunca deixamos de ter conversa... Tens todos os motivos para acreditar e não precisas de ninguém: sozinha também podes ser muito feliz e tu tens sabido ser muito bem.. ;) Beijinhos

Verde on 5:08 da tarde disse...

Há muita gente assim por aí, e por aqui acredita ;)

Sei bem do que falas.

Desnorteada on 6:54 da tarde disse...

Pedro, com que então eu tenho um admirador e eu não sei quem é?! Acho que me está a escapar qualquer coisa... :)

Verde, às vezes acho que este é um problema só meu, mas depois descubro que não... que há muito mais gente do que aquilo que penso... ;)

Pedro disse...

LOL Talvez te esteja a escapar mesmo muita coisa!

Desnorteada on 11:46 da manhã disse...

Pedro: se me quiseres explicar o que me anda a escapar, 'tás à vontade! lol

 

O Meu Lado B Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos