segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Sou tão eu nestas palavras...

Publicado por Desnorteada às 7:24 da tarde
Está bemmmmmmmmmmm, eu confesso!
Passo a vida a ouvir que sou uma gaja fria. Engraçado é que nunca é quem me conhece realmente bem que diz isso. Quem me conhece bem diz é que sou vertebrada e tenho um feitio filho da puta. E tenho, e daí? Cozinho bem, sou boa filha, boa irmã, boa amiga, boa tia e boa milhentas outras coisas. Não podia ter tudo. Venha de lá o feitio cabrão que ao menos não tenho mau hálito. 
Às tantas dou por mim a pensar onde é que esta malta foi buscar a ideia que me interessa o que pensam de mim. É que juro que consigo ouvir passarinhos enquanto falam. Quer dizer, agora vinha cá um ex meu e dizia "Ah e tal, eu pus-te os cornos e tu nem quiseste ficar minha amiga. És fria" e eu acreditava. Faziam-me 30 por uma linha e eu mamava só à laia de ser quente e aconchegadinha. Pois meus amigos, não. E dizem vocês, "oh Nervosinha, então mas custa alguma coisa enfiar sapos pelas goelas? Não custa nada, é começar pela cabeça e juntar bem as patas que até escorrega bem. Deixa lá as pessoas meiguinhas foderem-te o juízo à vontade, não sejas estraga prazeres". Eu nunca sou fria sem motivo e acho isto muito lógico. Agora, tenho um defeito muito grande, admito, [alerta para figura de estilo] se estou dentro de uma vacaria e digo que não aguento o cheiro a merda, eu não quero que me digam que cheira a rosas, eu quero que concordem que cheira a bosta e me tirem de lá. E agora vou ali ser warm and fuzzy inside.

*Este texto foi escrito pela Nervosinha... mas sou tão eu nestas palavras que não resisto em partilhá-lo...

8 comentários:

mari on 7:41 da tarde disse...

:/
**

Desnorteada on 11:23 da tarde disse...

acredita mari... este texto tem mesmo muito a ver comigo! :) Beijinhos

D. on 10:53 da manhã disse...

Desnorteada, olha que não é só contigo. A mim também me chamaram de fria etc, mas tem "piada" que a pessoa que chamou não me conhece mesmo. Mas é isso mesmo como diz o texto. Pronto, eu não sou tão radical, mas nada contra. Pelo menos, no que é importante na vida, não há falsos moralismos.

Desnorteada on 1:40 da tarde disse...

D. não há mesmo falsos moralismos!! :*

The Coiso on 1:24 da manhã disse...

Acho que estás a precisar de ver algo eminentemente parvo.

Cá vai: http://www.youtube.com/watch?v=D2K9_Q9ubOg&feature=player_embedded

Desnorteada on 12:01 da tarde disse...

The coiso, tens toda a razão... obrigada!

Anónimo disse...

Apoiado! revi-me totalmente no teu texto. estou farta que me chamem de fria só porque me guio pela Lógica. por exemplo: n fiquei amiga do meu ex e não tenho remorsos de ser politicamente incorrecta. Foi de tal maneira desleal que me arrependo de ter perdido tempo com uma pessoa daquelas!!

Desnorteada on 10:35 da tarde disse...

Cara Anónima, o texto é da Nervosinha do Nervos em Frangalhos, mas pelo que vejo, somos muitas a identificar-nos com ele... ;)

 

O Meu Lado B Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos