domingo, 23 de outubro de 2011

Da manhã de domingo e do Outono...

Publicado por Desnorteada às 12:29 da tarde 6 comentários

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

A verdade, verdadinha...

Publicado por Desnorteada às 11:34 da tarde 2 comentários

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Coisas de uma manhã de terça-feira...

Publicado por Desnorteada às 12:42 da tarde 14 comentários
Hoje, à custa de dois acidentes na VCI, demorei quase duas horas a entrar no Porto.
Desvantagem? O gasóleo que gastei e o mau humor para o resto do dia...
Vantagem? Ter sido «perseguida» por um menino bonitinho [pronto, vá, muito bonitinho] de uma Seat Ibiza branca com quem troquei vários olhares e até sorrisinhos estúpidos... [já nem me lembrava do que é ser alvo de «pesquisa»]
O que vou dizer é muito estúpido, mas, num ano em que tive a infelicidade de ter dois acidentes, a minha pergunta é: por que é que os condutores envolvidos nos meus acidentes não eram tão lindinhos? É que pelo menos alegrava as vistinhas... oh god make me good, but not yet!»]

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Pleaseeeeee!!

Publicado por Desnorteada às 9:29 da manhã 6 comentários

Esta minha amiguinha está a pedir muito por mim. Só para ter uma semana calminha...

[clicar na  imagem para ver o pedido!]

domingo, 16 de outubro de 2011

That's it! VII

Publicado por Desnorteada às 10:56 da tarde 5 comentários

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Ultimamente, são só «boas» notícias...

Publicado por Desnorteada às 4:20 da tarde 6 comentários
No dia em que o país só fala de crise e mais crise, eu descobri que até a minha saúde se uniu a Passos Coelho para me tramar... o senhor doutor diz que estou «com uma crise vesicular».

[eu não digo que este ano de 2011 é para esquecer... pffffff]

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

A curiosidade matou o gato, mas...

Publicado por Desnorteada às 1:55 da tarde 14 comentários
... eu quero saber como chegaram até mim.
Contem-me lá, como ficaram a conhecer O Meu Lado B?

terça-feira, 11 de outubro de 2011

That's it! VI

Publicado por Desnorteada às 7:13 da tarde 3 comentários
Tenho saudades de conversas que surgem sem esforço...

domingo, 9 de outubro de 2011

Coisas de domingo...

Publicado por Desnorteada às 4:26 da tarde 8 comentários

... pão-de-ló à la desnorteada para toda a família.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

'Bora lá criar polémica...

Publicado por Desnorteada às 10:55 da tarde 10 comentários
Estou farta deste «verão de outono»... já tenho saudades dos casacos e cachecóis!!! Chô calor, chô...

sábado, 1 de outubro de 2011

Da minha sorte...

Publicado por Desnorteada às 10:04 da tarde 8 comentários
Em 2009 quando a minha vida estava de pernas para o ar, decidi deixar que me lessem as cartas e me traçassem o meu mapa astral. Não acredito muito nisto, mas a senhora acertou em tanto que resolvi lá voltar em 2010. Segundo ela, o ano de 2011 seria o meu ano maravilha... aquele em que iria começar uma nova fase, um novo ciclo. Já tive [e tenho] vontade de lá voltar, se bem que talvez tenha razões para não acreditar em nada do que as estrelas reservaram para mim. Então não é que ontem me bateram novamente no carro?! Ainda nem quatro meses se passaram do meu acidente e já me vejo envolvida noutro. Caramba, eu não mereço!!!!  Pelo menos desta vez não tive qualquer culpa e as coisas devem resolver-se mais facilmente, mas isto não está fácil, não senhor... :/
A única coisa boa é mesmo o meu projecto profissional que fez esta semana um aninho. Sinto tanto orgulho no trabalho que temos conseguido desenvolver e nos passos de gigante que temos dado, que o meu peito se enche de força para recuperar das coisas más. Mas... [há sempre um mas] este pobre coração está cada vez mais pequeno, ressentindo-se de um vazio que dura há demasiado tempo. Estou cansada de fazer tudo sozinha, de resolver tudo sozinha... o trabalho não é suficiente para a alma animar. Não é... nunca foi nem nunca há-de-ser. A vida tem de ser muito mais do que isto, do que esta regeneração contínua com doses de coragem que chegam sabe Deus donde... eu preciso de algo mais... preciso de não me sentir um barco à deriva, de não me sentir um fardo... preciso de me sentir desejada para não me tornar numa das pessoas mais amargas à face do planeta... Não é pedir muito, pois não? 
 

O Meu Lado B Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos