domingo, 30 de dezembro de 2012

Ano Novo, Vida Nova!

Publicado por Desnorteada às 10:53 da manhã 4 comentários

Não adianta pedir muito. O novo ano será o que fizermos dele e o que nos deixarem fazer. Mesmo assim, vale a pena tentar enchê-lo de coisas boas. Feliz 2013!

sábado, 29 de dezembro de 2012

Bom dia sábado...

Publicado por Desnorteada às 11:54 da manhã 0 comentários

... falta apenas um dia para abraçar de novo a minha família. :)

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Afinal, vou ter Natal...

Publicado por Desnorteada às 12:14 da manhã 3 comentários
E não é que recebi o melhor presente do mundo?! Vou ter a companhia do meu irmão e da minha sobrinha na passagem de ano. Iupiiii... Já estou em contagem decrescente para o dia 30 para os receber de braços abertos no aeroporto. Como adoro surpresas boas e inesperadas! [Suspiro de alívio e felicidade!]

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Eu e as Covers #2

Publicado por Desnorteada às 10:49 da manhã 2 comentários

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Pr'ó ano há mais...

Publicado por Desnorteada às 11:42 da tarde 4 comentários
Não posso dizer que me diverti imenso, mas também não posso dizer que foi horrível. Foi talvez o Natal mais estranho de toda a minha vida. Com parte da minha família longe, com um oceano a separar-nos, a noite de 24 não foi muito engraçada. Valeu pelos doces [estou a rebentar!], pela cumplicidade com os meus pais, pelas gargalhadas que os meus cães me proporcionaram e pouco mais. Aliás, hoje dizia à minha mãe que me parecia um dia igual a tantos outros. Na verdade, são poucos os Natais de que me recordo por terem sido especiais: um ou outro pelos presentes; o de 2005 porque estava verdadeiramente apaixonada e achei que podia acreditar que era possível; e este porque o skype voltou a fazer milagres. Enfim... foi mais um... já passou!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Música de Natal...

Publicado por Desnorteada às 7:05 da tarde 4 comentários


... das boas! ;)

domingo, 23 de dezembro de 2012

Feliz Natal!

Publicado por Desnorteada às 10:23 da tarde 7 comentários
˛ °_██_*。*./ \ .˛* .˛.*.★* *★ 。*
˛. (´• ̮•)*˛°*/.♫.♫\*˛.* ˛_Π_____. * ˛*
.°( . • . ) ˛°./• '♫ ' •\.˛*./______/~\ *. ˛*.。˛* ˛. *。
*(...'•'.. ) *˛╬╬╬╬╬˛°.|田田 |門|╬╬╬╬ .
¯˜"*°•♥•°*"˜¯`´¯˜"*°•♥•°*"˜¯` ´¯˜"*°´¯˜"*°•♥•

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Inverno.

Publicado por Desnorteada às 6:00 da tarde 3 comentários

Quase, quase em modo férias só penso em comemorar a chegada do Inverno. Acho que os próximos dias vão ser bem ao jeito do Garfield: pantufas, mantinhas, docinhos e muito caminha para pôr o sono em dia. Eu mereço!!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Do Natal...

Publicado por Desnorteada às 10:47 da manhã 5 comentários

O tempo está cinzento, tenho um dia inteirinho de trabalho pela frente e não param de cair postais de Natal no e-mail. Esta já era a época que menos gostava no ano todo, mas a possibilidade de estar em família deixava-me menos aborrecida. Este ano, nem isso. Juro que estou a tentar fazer deste Natal um Natal igual aos outros, mas não está a correr bem. Naaaaada bem...

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Eu e as Covers #1

Publicado por Desnorteada às 1:55 da tarde 5 comentários


Já toda a gente reparou que publico montes de vezes covers de desconhecidos ou de malta menos desconhecida a cantar músicas de conhecidos. Simplesmente adoro ver como malta que sabe cantar interpreta de forma especial músicas que me fazem sorrir. Está, assim, oficialmente inaugurada a rubrica Eu e as Covers.

Coisas Ridículas #2

Publicado por Desnorteada às 12:47 da tarde 2 comentários
Estar no supermercado; avistar uma senhora a pedir para uma causa qualquer e dizer à mãe: "Nem 50 cêntimos!"; ouvir a mesma senhora dizer: "Estamos a pedir para levar crianças ao circo, blá, blá, blá!"; sacar 2€ do porta-moedas e dar de sorriso estampado no rosto, desejando um Feliz Natal a toda a gente. Damn it!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Bom fim-de-semana...

Publicado por Desnorteada às 4:07 da tarde 10 comentários

Ora hoje, pela primeira vez desde o Verão, vou sair daqui a nada para um fim-de-semana entre amigos. Lá vamos nós para o nosso, já habitual, fim-de-semana de Natal. Somos 15 adultos e 6 bebés. Prevejo grande algazarra e muito que fazer. É que isto é tudo muito bonito, mas estes eventos dão trabalho. A ver vamos se consigo sobreviver a tanta criança, às gargalhadas, às memórias de bons e velhos tempos, aos doces e ao vinho tinto. Fui.

Das notícias...

Publicado por Desnorteada às 10:44 da manhã 2 comentários
Andamos nós a sustentar os tribunais para isto!
Valha-nos Deus... é certo que fartei de rir, mas isto para além de não ser notícia não devia estar a ocupar o tempo dos nossos caríssimos juízes.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Da minha musiquinha...

Publicado por Desnorteada às 2:05 da tarde 3 comentários



segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Coisas Ridículas #1

Publicado por Desnorteada às 7:33 da tarde 12 comentários
Ligar o carro e ao avançar o sinal de que o passageiro do lado não tem cinto começa a apitar, apenas e só, porque está lá a minha mala.

Boa noite...

Publicado por Desnorteada às 1:58 da manhã 4 comentários

... e até amanhã!

sábado, 8 de dezembro de 2012

Comer com os olhos!

Publicado por Desnorteada às 9:28 da tarde 6 comentários

Há lá coisa melhor do que apresentar na mesa pratos divertidos e originais?! Já decidir: uma das minhas resoluções para 2013 é aprender a fazer coisas giras com comida... yami, yami!!

Bom dia, alegria!

Publicado por Desnorteada às 11:42 da manhã 4 comentários

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Da distância... II

Publicado por Desnorteada às 12:30 da tarde 6 comentários

Hoje, pela primeira vez em cinco anos, não vou dar um beijo de parabéns à minha sobrinha. Vamos falar pelo skype e cantar-lhe os parabéns e até consegui engendrar uma festa surpresa à distância. Não será a mesma coisa. Nunca é. Tenho o meu peito a rebentar de saudades dela e do meu irmão. Não sei como se faz para não sentir isto. Quero estar feliz quando estiver a falar com ela e quero vê-la sorrir quando receber o meu postal e as nossas fotografias que fizemos com mensagens de feliz aniversário. Quero que, sobretudo, ela esteja contente e se esqueça que está longe de casa, dos amigos e de nós - a outra parte da família. É um dia esquisito, porque se por um lado estou muito feliz [caramba, como os anos passam?! Já tem cinco anos!!!], por outro sinto-me muito triste por não poder sentir o cheiro do cabelo, o aconchego do abraço, o miminho do beijo. A ela, desejo-lhe o mundo e tudo de bom que ele tem. Amo-a mais que a minha própria vida. Mesmo com o oceano Atlântico entre nós, hoje [porque assim o exijo] estaremos com certeza muito mais perto...

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Do frio e da música...

Publicado por Desnorteada às 6:17 da tarde 2 comentários


Oiçam só que voz lindinha...

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Esta versão é incrível!

Publicado por Desnorteada às 1:43 da tarde 4 comentários


É por isto que gosto deste tipo de programas... a música e as versões que fazem dela são simplesmente memoráveis. Espero que este menino seja o vencedor e que ainda possamos ouvir falar muito dele.

domingo, 2 de dezembro de 2012

Espírito Natalício 2

Publicado por Desnorteada às 10:00 da tarde 4 comentários

Pois que também participei na Árvore de Natal da Blogosfera.
Este ano vale tudo para tentar ter um Natal mais feliz.
Já estou ansiosa para saber o que me vai calhar... são tantas coisas giras.

De ti...

Publicado por Desnorteada às 5:06 da tarde 11 comentários

Bastava que me dissesses que tinhas saudades minhas. Bastava que quisesses perguntar-me, todos os dias, se estava bem, se era feliz ou se me podias ajudar em alguma coisa. Era o suficiente. Se é possível? Não. Os anos passaram, a vida mudou e tornámo-nos estranhos. Seres alheios a tudo o que diz respeito aos dois. Indiferentes. Despreocupados. A olho nu: é disto que se trata. Nada mais. E é tão mais fácil não sentir nada em relação a nada...

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Do fresquinho...

Publicado por Desnorteada às 10:37 da manhã 8 comentários
Adoro o Inverno. A sério! Mas tem estado um calor estranho nos últimos dias... ainda por cima, cá no escritório é um bocado fresquinho. Bem sei que nos faz bem à pele e tal e torna-nos jovens e frescas, mas está um bocado para o desagradável hoje. Estou a trabalhar com três camisolas, estou de gorro e cachecol e isto não é normal, não senhora. Se pelo menos nevasse, mas não, cá no Porto é só mesmo um frio de rachar e nada mais. Num discurso à Calimero: "É uma injustiça"!

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Espírito Natalício

Publicado por Desnorteada às 11:33 da manhã 2 comentários

Nunca fui muito dada a estas coisas do Natal, mas este ano rendi-me ao Polar Post Crossing da Pólo Norte. Acho que vai ser giro receber e enviar um postal à moda antiga. Quem ainda não se inscreveu, tem até ao dia 30 para o fazer. Eu já tenho o meu para enviar...

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Das insónias...

Publicado por Desnorteada às 1:18 da manhã 4 comentários

1h15. Não consigo dormir. É muita coisa na minha cabeça.
 Estou mesmo a ver que amanhã de manhã o filme será este...

domingo, 25 de novembro de 2012

Bom domingo!

Publicado por Desnorteada às 12:09 da tarde 4 comentários

O dia acordou com chuva e hoje só vai dar mesmo para isto.
Hmmm... tão bom!

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Das birras...

Publicado por Desnorteada às 1:44 da tarde 2 comentários
Ontem e hoje estou assim para o insuportável. Arre, que estou que nem posso! Não sei bem porquê, mas até a mim me irrito. Tudo bem que estou a ficar doente e tal, mas ninguém merece... Chiça!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

That's it! XVII

Publicado por Desnorteada às 5:48 da tarde 10 comentários

Ainda não parei de rir com este cartoon.
É que é mesmo isto!

Para o frio...

Publicado por Desnorteada às 4:16 da tarde 6 comentários

... nada melhor do que algo quente e doce.

Eu não queria [juro], mas vou ter de ir. Ainda por cima estou a ficar doente... acho que mereço! Eu sei que daqui a nada estou a dizer mal de mim e dos meus pecados, mas vai ter mesmo de ser. O meu corpo está a pedir bolinho. Muito. A sério!

domingo, 18 de novembro de 2012

Da distância...

Publicado por Desnorteada às 10:57 da tarde 10 comentários
Hoje dei um beijinho à esquimó à minha sobrinha pelo skype. Era algo só nosso e foi uma maneira de lhe conseguir um sorriso de orelha a orelha. Não foi como se a tivesse comigo, juntinho ao meu peito, mas deu para matar as saudades, para diminuir esta distância que é muito mais do que os quilómetros que nos separam e que dói todos os dias... cada vez mais... tanto. [Porcaria de país este que nos leva para longe as pessoas que mais amamos].

sábado, 17 de novembro de 2012

Das mudanças...

Publicado por Desnorteada às 6:40 da tarde 10 comentários
Passei a tarde a tentar mudar este cantinho para algo mais fresco e divertido. Quando encontrei este layout, fiquei logo apaixonada. Foi uma espécie de amor à primeira vista. Sei que, provavelmente, daqui a alguns meses estarei farta dele e que me vai apetecer mudar outra vez para algo mais escuro e mais sóbrio. Mas, por agora, vou desfrutar desta ilustração [que muito tem a ver comigo!] e vou deixar que o resto me cative ainda mais. Espero que gostem! ;)

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

I love it!

Publicado por Desnorteada às 12:27 da tarde 8 comentários

Não é apenas um vídeo sobre um bolo de chocolate, é sobretudo o que se sente ao vê-lo nascer...

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Da escrita

Publicado por Desnorteada às 3:47 da tarde 2 comentários
Escrever é também não falar.
É calar-se.
É gritar sem ruído.

[Marguerite Duras]

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Musiquinha da boa...

Publicado por Desnorteada às 1:47 da tarde 4 comentários


... para trabalhar concentrada em estúdio.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Boa semana...

Publicado por Desnorteada às 3:16 da tarde 2 comentários


Ainda que a Merkel esteja por cá a assombrar, vou buscar boas energias à minha musiquinha. Tenho tanto para fazer... baaahhh

Para a Merkel .!. 2

Publicado por Desnorteada às 12:40 da tarde 6 comentários

domingo, 11 de novembro de 2012

Para a Merkel .!.

Publicado por Desnorteada às 10:49 da tarde 2 comentários


A ALEMANHA NÃO É MELHOR QUE NÓS!
VAMOS MOSTRAR ISSO AO MUNDO!

sábado, 10 de novembro de 2012

Bom fim-de-semana!

Publicado por Desnorteada às 12:29 da tarde 6 comentários

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Da Swatch...

Publicado por Desnorteada às 5:13 da tarde 4 comentários

Sou um bocado maluca por relógios. Se pudesse tinha vários e de todas as cores, formas e feitios. A última colecção da Swatch é linda de morrer e estou a babar por um destes. Bem sei que nunca na vida o vou conseguir ter, mas como para sonhar ainda não se paga imposto, ponho-o aqui para ficar a admirá-lo... [suspiro]. É um bocado caro e, este ano, não estou [nem posso] para este tipo de loucuras. Mas que é bonito, lá isso é...

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Adoro o Outono.

Publicado por Desnorteada às 10:39 da manhã 2 comentários

É só isto. Mais nada...

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Como eu o percebo!

Publicado por Desnorteada às 10:07 da tarde 4 comentários

domingo, 4 de novembro de 2012

Muuuh Muuuuuuh

Publicado por Desnorteada às 11:21 da tarde 4 comentários

Mais uma vaquinha para a minha colecção... :)
Esta, um presentinho especial do menino Pedro b. Adorei!


Do Tiago Bettencourt...

Publicado por Desnorteada às 7:13 da tarde 0 comentários


Sobre ele não tenho muito a acrescentar. Quem segue o meu blogue desde o início sabe que simplesmente adoro tudo o que ele faz. Hoje apeteceu-me ouvir o último trabalho e digo: é lindo! Estou ansiosa pelo seu Acústico que vai reunir todos os êxitos desde os Toranja aos Mantha... Acho que será um óptimo presente!

Do crescer...

Publicado por Desnorteada às 6:17 da tarde 2 comentários

“O tempo deixa perguntas...
 mostra respostas... esclarece dúvidas.
 Mas, acima de tudo, o tempo traz verdades.”
[Autor desconhecido]

sábado, 3 de novembro de 2012

Para dias cinzentos...

Publicado por Desnorteada às 2:55 da tarde 5 comentários

Ai se fosse possível...

Publicado por Desnorteada às 12:35 da manhã 4 comentários

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Se um dia acontecesse...

Publicado por Desnorteada às 11:14 da tarde 2 comentários

... seria algo deste género. 
Sem dúvida!

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Gosto tanto!

Publicado por Desnorteada às 9:25 da manhã 2 comentários


Someday it's so easy 
And sometimes I forget her
But I want you back again...
Back again 
Maybe it's lucky...

You win some and you lose some
Oh, when you've found a good one
Don't you let her get away 
Don't let her go 

If only I could love you 
Just the way I want to 
Oh, to have you back again
Back again, baby,,,
Oh, I'm just a fool baby 

Playing Mr. Cool baby 
Rolling round like I got nothing much to lose..
But I know you and you know me 
And I know you can see 
So help me get my way back to you
Back to you 

Walking past your window 

Used to mile when you'd throw 
Your sweet kisses back to me 
Back to me 

Remember when I asked you 
If you'd be my one true 
Oh, it seems like yesterday 
It's yesterday 

I want you so take me back please 
Take me back, oh, to you 

If only I could love you 
Just the way I want to 

[...]

Puro devaneio...

Publicado por Desnorteada às 12:14 da manhã 2 comentários
Está a chover muito lá fora... e eu estou a chover muito cá dentro. Que merda! Deve ser a "descompressão" por ter terminado o trabalho a tempo e horas...

domingo, 28 de outubro de 2012

Do fim-de-semana...

Publicado por Desnorteada às 12:46 da tarde 2 comentários

Dizem que sábado e domingo são fim-de-semana. E que são para descansar. Not! Aqui a Desnorteada está a ocupar estes dois dias com muito trabalho. [Projecto enormíssimo por terminar que exige muita concentração e muita força de vontade!]. Não durmo, como mal, ando uma pilha de nervos e não tenho tempo nem para me coçar. Só me apetece tomar café e fumar [coisa que deixei de fazer há muitos meses...]. Isto não é nada bom, não senhor, e por isso estou chateada comigo. Bateu uma saudade de uma pausa para a escrita acompanhada que nem queiram imaginar... enfim, eu sou mais forte e isto é só um "stresszinho" de fecho. É que isto é muito bonito, mas a pressão alta que por aqui se sente é assustadora. Ok! Já passaram cinco minutos desde que entrei no blogguer... tenho de voltar para os meus rascunhos. Baaaaaah!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Sim, é mesmo assim!

Publicado por Desnorteada às 12:05 da manhã 5 comentários
Nunca uma imagem fez tanto sentido na minha vida.

domingo, 21 de outubro de 2012

Ainda te imagino...

Publicado por Desnorteada às 9:21 da tarde 7 comentários
É fácil acreditar em ti quando nos reencontramos nos sonhos, na vida, nos projectos que queremos para o futuro e nas experiências que fomos deixando pelo passado. Não sei como és, como me vais encontrar, como te vou descobrir; sei, apenas, que um dia, os nossos caminhos se cruzarão e aí tudo será mais simples. Eu sei. Ainda te imagino. Num gesto único e rápido, prolongas a saudade que criaste em mim e nem te dás conta disso, porque não faz sentido, porque tudo dói mais se for vivido intensamente, porque chegas sempre de mansinho.

Odeio-te. Não é justo que entres em jogo sem ter intenção de jogar. Não interessa se é para perder, ganhar ou até empatar. É a sinceridade que conta, é o que fica que vai magoar, que vai preencher, que vai construir. [Suspiro!] Ai, odeio-te! Com todas as minhas forças. És tão fraquinho, tão cobarde, tão ruidoso. Tens de ser sempre o protagonista, nem que para isso, um de nós fique desolado, com o coração em carne viva, sem poder ser tocado, ser alimentado, ser curado. Odeio-te tanto!

Como te imagino? Leve. Em paz. Com sorrisos e abraços, todos os dias. Com palavras, com beijos e beijos e beijos. Com regressos demorados e ausências adiadas. Com projectos, com desejos, com a felicidade vestida de silêncios que não incomodam, de afectos que preenchem, de tempo que teima em voar [porque só as coisas boas nos fogem!]. Como te imagino? Um ser que protege, que cuida, que finta a desilusão e se rende aos sentimentos. Um lugar que se quer fazer segredo e esconder a sete chaves. Um detalhe que faz a diferença, que indica o caminho a seguir, sem desvios nem atalhos. Como te imagino? Meu.

sábado, 20 de outubro de 2012

Da blogosfera...

Publicado por Desnorteada às 4:20 da tarde 9 comentários
O universo da blogosfera é engraçado, inquietante, curioso. E é tudo isto porque podemos ser nós sem o sermos; podemos revelar-nos sem nos revelar; podemos contar as nossas histórias como se fossem de outros. No meu caso, eu adoptei um nome... [usava-se na altura] e, apesar de já ter ponderado assumir o meu nome muitas vezes, nunca me quis desligar da desnorteada. É a minha companhia, sou eu, nua, sem esconder nada, sem disfarçar o que quer que seja, sem receios e sem pudor. O Meu Lado B é o meu lugar, onde me assumo tal e qual sou, sem andar às voltas, sem rodeios, onde as palavras não ferem e os gestos são desejados. Quando, há oito anos, idealizei este cantinho, pensei-o numa linha intimista, queria que ele fosse realmente o meu lado b...

É verdade que, por aqui, conseguem traçar um perfil e para quem me conhece não é difícil encontrar-me em cada texto, em cada imagem, em cada música que publico. Está lá tudo: tudo o que vejo, tudo o que oiço, tudo o que leio, tudo o que sou. Não há margem para dúvidas. Não há um querer ser quem não se é, não há uma personagem inventada, querida para os outros, politicamente correcta [é que até nas intenções, na maneira de pensar, de agir, de ser, isso pode acontecer e, como diz a minha avó, "de boas intenções está o inferno cheio"!]. Eu assumo: não tem sido fácil viver. Estar aqui e ser feliz. Não tem sido fácil... mas tenho os meus momentos e contento-me com eles. Não gosto que me digam que tenho de agradecer o pouco que tenho [um dia de sol, os amigos, a família, blá,blá,blá, wiskas saquetas...]. Isso é que todos querem ler. Isso é o que aquelas frases lindas que publicamos no "livro das caras", todos os dias, nos dizem. Sinceramente, isso chega? As palavras serão suficientes?

Como é que alguém que trai, que mente, que engana, que não perdoa, que é pobre de espírito, pode depois ser moralista e vir para a blogosfera falar da vida como se fosse o Paulo Coelho de saias? Estou por cá desde 2004 e nunca me senti tão burlada como agora. Sim, BURLADA! Todos os dias descubro blogues que não têm conteúdo algum, com erros de português aos magotes, com filosofias que merecem o Nobel da Paz, com 1000 e muitos seguidores, que não acrescentam nada de nada a este mundo. Não, não são textos pessoais, desabafos, diários, são uma espécie de conselhos que vão deixando como se fossem o supra-sumo da verdade. A mim, não convencem... Mesmo! É que não dá para acreditar no que se lê por esta blogosfera fora... E, citando mais uma vez a minha avó, "o pior cego é aquele que não quer ver".

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Morreu Manuel António Pina...

Publicado por Desnorteada às 10:57 da tarde 2 comentários
O Resto é Silêncio ( Que Resto?)

Volto, pois, a casa. Mas a casa,
a existência, não são coisas que li?
E o que encontrarei 
se não o que deixo: palavras?

Eu, isto é, palavras falando,
e falando me perdendo
entre estando e sendo.
Alguma vez, quando

havia começo
e não inércia,
quando era cedo 
e não parecia,

as minhas palavras puderam estar
onde sempre estiveram:
no apavorado lugar 
onde sou silêncio.


Manuel António Pina in Poesia Reunida (1974 - 2001, Assírio & Alvim)

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Quero!

Publicado por Desnorteada às 4:54 da tarde 10 comentários

Alguém sabe onde posso comprar uma igual?

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Não sei...

Publicado por Desnorteada às 3:18 da tarde 2 comentários


... se gosto mais do original ou da versão.

E ainda dizem...

Publicado por Desnorteada às 12:57 da tarde 4 comentários

... "que de Espanha nem bons ventos nem bom casamentos". [Suspiro!]
Ponham no google Jon Kortajarena e suspirem. Muito.

É isto!

Publicado por Desnorteada às 11:06 da manhã 2 comentários

*O texto é da Martha Medeiros

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

As expressões do Gaspar...

Publicado por Desnorteada às 10:40 da tarde 4 comentários

Vale a pena tentar...

Publicado por Desnorteada às 1:35 da tarde 7 comentários

... só assim pode ser que dê frutos!


sábado, 6 de outubro de 2012

Com'ó tempo passa!

Publicado por Desnorteada às 10:07 da tarde 4 comentários

Se me perguntarem se tenho saudades de ser jornalista, a resposta é muito rápida e sincera: não! Se me perguntarem se fico triste pela minha carreira como jornalista não ter sido como sonhei, a resposta é mais demorada mas, igualmente, honesta: sim, tenho pena que as coisas não tenham acontecido como sempre desejei e depois de tanto trabalho para que tal acontecesse. Coisas da vida! Da SIC, trouxe a minha experiência profissional mais importante, talvez por ter sido a primeira depois da licenciatura. Às vezes, ainda recordo o meu tempo de estagiária, os amigos que fiz, os trabalhos que vivi, as pessoas que conheci, o tempo de vida na capital. Hoje, a SIC comemora 20 anos e o slogan é "crescemos juntos!"... eu também cresci um pouco com a SIC e, ao assistir o excelente programa de informação desta noite, tenho muito orgulho de um dia ter andado de microfone da SIC nas mãos e de ter tido aprendido, profissional e pessoalmente, muita coisa com muitas das pessoas que fazem, actualmente, aquela casa.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Para o Gaspar e companhia...

Publicado por Desnorteada às 9:30 da tarde 2 comentários

... com amor!

domingo, 30 de setembro de 2012

Do vazio...

Publicado por Desnorteada às 9:36 da tarde 6 comentários

Ontem devia ter sido um dia feliz.
Hoje também.
Não foram. 

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Das boas descobertas...

Publicado por Desnorteada às 4:33 da tarde 2 comentários

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Da sabedoria da Mafaldinha... I

Publicado por Desnorteada às 10:11 da manhã 2 comentários

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Da sabedoria da Mafaldinha...

Publicado por Desnorteada às 11:10 da tarde 2 comentários

domingo, 23 de setembro de 2012

Do domingo...

Publicado por Desnorteada às 7:39 da tarde 2 comentários



quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Das saudades...

Publicado por Desnorteada às 10:03 da manhã 6 comentários

Este é o mais recente membro da família. Quer dizer, é o último elemento a ir lá para casa... Chama-se Benny Faísca [sim, Faísca!] e é o cão da minha sobrinha. Como devem imaginar o nome foi escolhido por ela e fez-nos prometer que cuidávamos dele como se fosse um menino enquanto estivesse longe dele. Tem sido uma emoção ver o Benny com o Artur [um boxer que já temos há 11 anos!] e ver como eles se entendem bem. Eu confesso que quando olho para este pequenito de 4Kg e pego nele ao colo, só me apetece apertá-lo. Ainda por cima faz-me logo lembrar a minha sobrinha e como ela fazia dele um "brinquedo" - [coitadinho!!]. Nunca pensei ter dois cães, mas até nem estou a desgostar desta experiência... dá muito mais trabalho, mas também vai-se conseguindo amaciar as saudades que tenho da minha sobrinha, das gargalhadas dela, do meu irmão, de ter a casa cheia aos domingos...

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Confesso...

Publicado por Desnorteada às 6:12 da tarde 4 comentários
Tenho algumas dificuldades em entender isto! Já tentei e tudo, mais do que uma vez, [juro], mas simplesmente não consigo...

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Por Portugal...

Publicado por Desnorteada às 2:10 da tarde 0 comentários

[A fotografia de Eduardo Gageiro é de 1 de Maio de 1974, mas esta mensagem não podia ser mais actual... ]

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Do aeroporto...

Publicado por Desnorteada às 2:25 da tarde 4 comentários
Hoje levantei-me às 5h da manhã para ir para o aeroporto. Nunca me custou tanto fazer tal percurso. Para mim, ir para o aeroporto era sempre sinónimo de viagens, de férias, de uns dias em trabalho noutra cidade e não lugar de despedidas, de saudade, de um vazio que nos transforma o coração num objecto com uma tonelada. Por causa deste país em coma, no qual vivemos actualmente, o meu irmão está em viagem, neste momento, com a família, para o Brasil em busca de uma vida melhor, mais feliz, mais justa, mais digna. A dor que senti ao despedir-me dele, ao abraçar a minha sobrinha, ao vê-la nos braços do meu pai e da minha mãe, num xi-coração apertado, é indescritível. Não consigo pô-la em palavras. A única coisa que desejo é que todo este esforço não seja em vão e que eles encontrem o que procuram... há anos. Nós, que ficamos por cá, vamos continuar de braços abertos e mentes despertas para levar o resto dos nossos dias em frente, com a internet como nosso maior aliada e com a confiança de que melhores dias virão.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Eu vou estar lá...

Publicado por Desnorteada às 10:24 da tarde 4 comentários

Pelos meus pais, por mim, pelo meu irmão, pela minha sobrinha, por todas as crianças da minha família, por todos os meus amigos, por todas as crianças deste país e por todos os portugueses. Nós merecemos que nos ouçam... e de uma vez por todas! No próximo sábado, quantos mais pusermos os pés na rua, melhor.

Ao que parece...

Publicado por Desnorteada às 12:17 da tarde 4 comentários

... a Castelbel publicou o textinho d' O Meu Lado B na sua página do facebook. :)
A Desnorteada está contente.

Da música triste...

Publicado por Desnorteada às 10:33 da manhã 3 comentários


Dizem que eu só oiço música triste. Talvez seja verdade. Gosto de sonoridades que me façam mexer por dentro, que me façam pensar, que me deixem quietinha no meu canto... Gosto, desmesuradamente, de me sentir abraçada pelas notas musicais, pelas letras lamechas, pelo canto sofrido. E a maior parte das vezes nem tem que ver com o meu estado de espírito... sou eu... Apenas.

domingo, 9 de setembro de 2012

Et voilá...

Publicado por Desnorteada às 5:17 da tarde 8 comentários

... pastéis de nata à la Desnorteada! 

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Da vida...

Publicado por Desnorteada às 3:12 da tarde 3 comentários
Odeio que me façam passar por burra. Sério! É o pior que me podem fazer...

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Bom dia...

Publicado por Desnorteada às 9:49 da manhã 4 comentários
... que hoje o dia prevê-se looooooooonnnnggggooooooooo!!

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Será?

Publicado por Desnorteada às 6:40 da tarde 4 comentários

[Sem dúvida, um dos filmes da minha vida!]

Nota mental:

Publicado por Desnorteada às 10:22 da manhã 4 comentários
há por aí muita gente a escrever mal com'ó caraças!!

[Pronto, já disse!]

domingo, 2 de setembro de 2012

Do fim-de-semana...

Publicado por Desnorteada às 9:26 da tarde 4 comentários

O tempo pode levar-nos a companhia umas das outras como na altura em que partilhávamos a mesma casa, as rotinas do dia-a-dia, o acordar ou o deitar, mas a verdade é que quando nos juntamos tudo parece estar na mesma. Ontem, uma de nós deixou o grupo das solteiras. Foi um dia indescritível. Já não estávamos as quatro juntas há seis anos e os sentimentos estiveram todos à flor da pele... os sorrisos, as histórias, as lembranças e até algumas lágrimas coloriram a saudade que, hoje, já está de volta... como se fizesse parte de nós e com a qual temos aprendido a viver. Não há muito a fazer, a não ser guardar no coração, numa pasta especial, estes momentos que nos enchem a alma de alegria. Sempre que nos recordar, lembrar-me-ei dos vestidos, dos penteados, os acessórios, da maquilhagem, dos vernizes, das flores, das músicas, dos pormenores, da surpresa do reencontro e da naturalidade com que ainda falamos e partilhamos as coisas. Há pessoas assim, que se conhecem para permanecerem na vida umas das outras, ainda que todos os dias existam entre nós centenas de quilómetros.  

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Dos Ornatos Violeta...

Publicado por Desnorteada às 10:38 da manhã 6 comentários
Estou contente. Vou poder ir vê-los ao Coliseu do Porto. Hoje anunciaram mais três concertos e, desta vez, não vou perder a oportunidade de ficar com um bilhete para mim. Preciso de recordar parte da minha vida e com eles isso é muito fácil. Estou mesmo contente!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Das descobertas...

Publicado por Desnorteada às 7:03 da tarde 4 comentários


Esta menina ficou em segundo lugar no X Factor UK em 2010. Hoje, descobri o trabalho que gravou entretanto. Esta música que deixo aqui é uma das minhas preferidas, mas as outras são igualmente deliciosas. O álbum chama-se Heaven...

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Por uns segundos...

Publicado por Desnorteada às 10:25 da manhã 7 comentários

... preciso de acreditar que esta semana tudo pode ser cor-de-rosa.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Admirável Mundo Novo

Publicado por Desnorteada às 9:12 da tarde 10 comentários

Em 2005, comprei o meu primeiro portátil - um ASUS - bem bom... custou-me uma pipa de massa para o ano em questão. Está comigo há quase 7 anos e foi o meu companheiro durante estes meses todos, fiel aos bons e maus momentos. Fui muito feliz com ele, mas também chorei muito no seu ombro. Infelizmente, desde que, por razões profissionais, o utilizo todos os dias, o pobrezito não me ajuda minimamente e senti-me na obrigação de lhe dar a reforma [acredito piamente que os computadores são como os cães e a idade pode multiplicar-se por 7]. Hoje, fui buscar o meu mais-que-tudo - um Macbook Pro - e estou muito, mas muito contente. Para além de ser lindo de morrer, voltei a ter uma vida normal e posso trabalhar a um ritmo decente. Espero é que este se porte tão bem como o antigo e me dure outros tantos anos ou ainda mais... Agora vou continuar a descobrir este "admirável mundo novo" mais um bocadinho! ;)

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Saudade.

Publicado por Desnorteada às 10:58 da manhã 2 comentários


Porque hoje me fizeram recordá-los, deixo aqui uma das minhas preferidas...

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Sacrifícios Castelbel... Cof, cof!

Publicado por Desnorteada às 6:20 da tarde 6 comentários

Hoje, arrastada por uma alminha, dei comigo no mundo pecaminoso da Castelbel. Estes senhores, que antes faziam as maravilhas da casa, têm agora uma nova linha fantástica para o corpo [loção, gel de banho e creme para as mãos]. Bastou a senhora, que tinha um ar super fofinho mas era o Satanás em pessoa [JURO!], pôr-me um bocadinho desta loção de Romã na mão e o meu cartão multibanco fez bling, bling. Não vejo a hora de entregar o meu corpinho a estes novos sacrifícios e oferecer-me, qual cobaia, a futuras experiências científicas desta marca. É que nem imaginam como cheira esta delícia... [dá vontade de comer] e a pele fica macia, macia.

Do fim-de-semana...

Publicado por Desnorteada às 12:38 da tarde 9 comentários
Adoro futebol e até andava feliz da vida por ele estar de volta às nossas vidas. Acontece que ver o Benfas a empatar no sábado para depois ver o FCP a empatar no Domingo não é divertido. Já nem consigo insultar o «bidão» que temos como treinador, porque, desta vez, o homem nem teve culpa... os homenzinhos em campo é que se esqueceram que o objectivo de um jogo de futebol é fazer golos e não dançar o vira em Barcelos [maldito sejas Vítor Pereira]. Raios, não consegui evitar! Pressinto que vem aí mais uma época para sofrer e «balha-me Deus... num habia necessidade»...

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Pequenos Devaneios

Publicado por Desnorteada às 12:54 da tarde 2 comentários
Há decisões que se tomam e que se lamentam a vida toda e há decisões que se amarga o resto da vida não ter tomado. E há ainda ocasiões em que uma decisão menor, quase banal, acaba por se transformar, por força do destino, numa decisão imensa, que não se buscava mas que vem ter connosco, mudando para sempre os dias que se imaginava ter pela frente. Às vezes, são até estes golpes do destino que se substituem à nossa vontade paralisada, forçando a ruptura que temíamos, quebrando a segurança morta em que habitávamos e abrindo as portas do desconhecido de que fugíamos.

Miguel Sousa Tavares em Rio das Flores

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Modo Férias OFF

Publicado por Desnorteada às 4:35 da tarde 4 comentários


Monstro Preto decidiu oferecer-me uma bússola especial. :)
Assim é bom regressar ao trabalho...

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Modo Férias On . 6

Publicado por Desnorteada às 6:40 da tarde 2 comentários
E hoje, apesar da chuva, tenho uma razão muito grande para sorrir: os meus avós fazem 57 anos de casados. Já imaginaram viver um amor deste tamanho? Desta dimensão? Eu adoro estar com eles neste dia... é simplesmente delicioso vê-los sorrir, sentir o amor que ainda nutrem um pelo outro e ter a certeza de que um sentimento destes nunca há-de chegar ao fim.

Modo Férias On . 5

Publicado por Desnorteada às 1:25 da tarde 2 comentários
Estou quase, quase a ficar sem férias e o que é que o São Pedro me reserva? Um belo dia de chuva... Ah, como é bom ser do norte, carago!!

[Sim, isto foi escrito num tom irónico]

domingo, 12 de agosto de 2012

Modo Férias On . 4

Publicado por Desnorteada às 6:50 da tarde 2 comentários


Estou de volta ao norte. [E que bom que é!] Os cinco dias pelo sul foram calminhos  e deu para repor a energia. Muita praia, água do mar bastante apetecível, calor q.b., boa companhia, algumas gargalhadas, dois livros e um terceiro quase devorado, muita música [a propósito, esta que deixo pode ser considerada a  banda sonora do Verão 2012. Ouço-a tantas vezes...]  e uma «corzinha» que já não envergonha ninguém. [Pelo menos já não pareço um vampiro e já não tenho medo de brilhar com o sol... cof, cof!]. Ainda me restam três dias para aproveitar o descanso. Dia 16 estou de regresso à minha segunda casa e tenho tanto para fazer e lutar. [Ter um emprego por conta própria dá muito mais que fazer do que se tivesse um patrão à minha espera... principalmente num ano como este!] Até lá ainda tenho pela frente umas visitas às minhas praias do norte preferidas, uns mergulhos na piscina com alguns amigos e muitas horas de sono.

domingo, 5 de agosto de 2012

Modo Férias On . 3

Publicado por Desnorteada às 11:44 da tarde 2 comentários

Depois de ir a banhos no norte, vou até ao sul durante uma semana. 
Espero não encontrar muito vento e que a água do mar esteja bem mais quentinha.
Espero não apanhar escaldões [daqueles que não deixam dormir], que o MP3 não se estrague de tanto rolar e que os livros que levo comigo sejam suficientes.
Quero dormir na praia e tentar sorrir... muito.
Boas férias para quem for o caso disso, bom trabalho para quem o descanso ainda não bateu à porta.

sábado, 4 de agosto de 2012

Modo Férias On . 2

Publicado por Desnorteada às 3:46 da tarde 6 comentários
Depois de dois dias de barriga para o ar na praia, do vento que este ano teima em fazer-nos companhia, hoje é dia de Feira Medieval em Santa Maria da Feira e sangria e petiscos e caladinhos e fogaças... yami, yami!

[Tenho de aproveitar bem isto porque os dias estão a voar...]

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Modo Férias On . 1

Publicado por Desnorteada às 11:39 da tarde 2 comentários
Nem sei que fazer com tanto tempo. Hoje quando acordei a primeira coisa em que pensei foi algo do género: «e agora? o que vou fazer?». Estar oficialmente de férias faz-nos ver a agenda de outra maneira e, tem alturas no dia, que é muito complicado alinhar tudo o que se quer fazer. Para o primeiro dia reservei as ditas «coisas de gaja» - depilação [jasus, que a Telminha hoje estava má!]; mãos, pés, etc, etc... saí de lá uma outra mulher! Também andei às compras e até fui agarrada por uma cigana que me disse que eu «ia ter muita sorte!» Para começar, não foi mau, não senhor... mas eu queria era sol, calor, praia e mar. Ao que parece o São Pedro está um pouco esquecido... A ver vamos o que nos reserva o dia de amanhã. Certo, certo é que todos os caminhos hão-de dar à praiinha... nem que chova canivetes!!

domingo, 29 de julho de 2012

Da auto-estima...

Publicado por Desnorteada às 10:32 da tarde 6 comentários
Nunca lidei bem comigo, com o meu corpo, com a imagem que as pessoas têm de mim, com a minha personalidade demasiado vincada. Esta é a mais pura das verdades! Claro que, ao longo da minha vida, fui aprendendo a contornar determinadas coisas e, agora com 32 anos, mau era se não conseguisse disfarçar os meus receios. Tem dias que interpreto tão bem a personagem que até me elogiam por saber gostar tanto de mim... Não é bem assim, mas nem me atrevo a «desiludir» as pessoas. Eu adoro o Verão, adoro o tempo quente, as roupas leves e frescas, a praia, os biquínis, a pele bronzeada, etc, etc... mas este ano estou com tanta vergonha e com tanto medo que nem sei bem como o vou fazer. Sinto-me mal comigo há tantos anos que é difícil gostar de mim... não sei gostar de mim... não sei como conseguir olhar para mim de outra maneira. E foi assim a vida toda: a enganar os outros com a minha boa disposição, a disfarçar os meus receios, a tentar acreditar que só eu me vejo dessa forma, etc, etc... Daqui a dois dias, estou de férias. Já não paro no Verão desde 2009. É muito tempo, sim senhora, e deveria mais era estar contente da vida, mas em vez disso tenho tido pesadelos com o que pode ser o meu Verão. Enfim... Desnorteada: 2 | Auto-estima: 0.

sábado, 28 de julho de 2012

Gosto mesmo disto!

Publicado por Desnorteada às 6:17 da tarde 2 comentários

True!

Publicado por Desnorteada às 1:22 da tarde 4 comentários

[Aos mais sensíveis, peço desculpa!]

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Dos últimos tempos!

Publicado por Desnorteada às 2:00 da manhã 4 comentários
Como pode alguém sentir-se só numa sala com milhares de pessoas? Pois. Como é que é possível não sei bem, mas que é possível, lá isso é uma verdade, verdadinha... E daquelas que doem, que moem, que torturam, que nos deixam sem vontade para fazer o que quer que seja e nos transformam em alguém insuportável. É que escolhemos tantos caminhos que não nos levam a lado nenhum que a solidão acaba por fazer parte de nós como se já cá estivesse desde o dia em que nascemos e não há meio de se ir embora. Criam-se expectativas que nunca são cumpridas, vive-se como se pode e não como se quer,  finge-se que se anda feliz da vida porque assim nos exigem, poupam-se as palavras porque estas podem sair muito caro, faz-se de conta que nada soa a mágoa e que está sempre tudo bem, guardam-se as lágrimas para os momentos a sós, relembram-se os sorrisos e as gargalhadas de outros tempos e assim sobrevive-se com o passar do tempo. O problema é que depois olhamos à nossa volta e percebemos que está tudo muito diferente: as pessoas já não são as mesmas, os estranhos parecem-nos ainda mais estranhos, o medo domina-nos o pensamento e corrompe-nos as acções, os amigos estão dedicados aos seus projectos, às suas casas, aos filhos, às férias em família, ao melhor emprego a pensar na educação das crianças, no T4 ou T5 porque o T2 já não é suficiente, nas fraldas, no preço incrível do infantário, etc, etc, etc.... e nós ficamos em terceiro ou quarto plano e já ninguém se lembra de nos perguntar se estamos bem, se nos sentimos bem, se precisamos de algo, se queremos que a vida role de uma outra maneira, se ainda nos achamos seres humanos ou já nos sentimos ET's de carne e osso. E pior: com a vidinha tal e qual era há 10 anos. Para dizer a verdade, ando cansada da felicidade dos outros, dos projectos dos outros, das casas dos outros e do diabo que carregue dos outros. Como pode alguém sentir-se só numa sala com milhares de pessoas? Pois. Como é que é possível não sei bem, mas que é possível, lá isso é uma verdade, verdadinha...

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Dos diminutivos...

Publicado por Desnorteada às 8:36 da tarde 8 comentários
A maior parte das pessoas, quando me ouve comentar o que vou descrever a seguir, diz-me que um dia vou levar com isso tudo e só de uma vez. Eu não acredito nisso, porque acho sinceramente que vou conseguir «domesticar» o meu parceiro de forma a que isso não aconteça. [É que também seria demasiado grave que permitisse tal situação.] Pois bem, odeio ouvir diminutivos entre casais -  ao ponto até de ter um top 3 para os que acho mais ridículos. Não consigo estar num sítio com pessoas a tratarem-se por «more», «mô» ou «bebé» sem soltar uma bela de uma gargalhada. A lista pode prolongar-se por «morzinho», «princesa», «fofinha» ou «fofinho» e por aí fora... é que não consigo aguentar!! Se ainda associarmos a estas parolices, o tom de voz que deixa qualquer um envergonhado, então a realidade é digna de uma Mixórdia de Temáticas bem ao jeito de Ricardo Araújo Pereira.

[É que se não chega o nome próprio, que se inventem pelo menos nomes originais, valha-me Deus!]

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Um dia de cada vez...

Publicado por Desnorteada às 10:27 da manhã 0 comentários

Eu sei que vou. Insisto na caminhada. 
O que não dá é para ficar parado. 
Se amanhã o que eu sonhei não for bem aquilo, 
eu tiro um arco-íris da cartola.
E refaço. Colo. Pinto e bordo.
Porque a força de dentro é maior.

Caio Fernando Abreu

 

O Meu Lado B Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos