domingo, 18 de novembro de 2012

Da distância...

Publicado por Desnorteada às 10:57 da tarde
Hoje dei um beijinho à esquimó à minha sobrinha pelo skype. Era algo só nosso e foi uma maneira de lhe conseguir um sorriso de orelha a orelha. Não foi como se a tivesse comigo, juntinho ao meu peito, mas deu para matar as saudades, para diminuir esta distância que é muito mais do que os quilómetros que nos separam e que dói todos os dias... cada vez mais... tanto. [Porcaria de país este que nos leva para longe as pessoas que mais amamos].

10 comentários:

marisa v on 11:06 da tarde disse...

Oh tão querido e tão triste.

Desnorteada on 11:14 da manhã disse...

Há que diminuir as distâncias... e neste caso, vale tudo! :P

Jovem $0nhador@ on 12:54 da tarde disse...

É triste viver assim! Ao menos que existem as tecnologias para acalmar as saudades!

Desnorteada on 1:09 da tarde disse...

;) E são tantas agora... não é a mesma coisa, mas ajuda!

PM on 3:03 da tarde disse...

Sei perfeitamente o que sentes. Durante algum tempo eu era o tio que estava no computador, longe e após cada conversa tinha lágrimas a correr pela cara.

Por causa deste país e de como ele está sou eu que a quero mandar para longe quando ela crescer.

teresa disse...

oohhh... que lindinho! :/

Desnorteada on 4:57 da tarde disse...

PM, eu não queria nada disto... mas não sou mãe, sou tia. ;)

teresa, obrigada! ;)

PM on 5:04 da tarde disse...

Querer querer até nem queria mas a cada dia que passa acho que será a melhor opção.
Quero que ela tenha uma vida boa e cheia de oportunidades. Eu não sou pai mas quero para ela o que os pais querem para os filhos.

Desnorteada on 5:23 da tarde disse...

Sem dúvida, PM! Mas eu ainda acredito que essas oportunidades possam existir por cá... ;) Talvez seja inocente... :*

PM on 5:28 da tarde disse...

Não diria inocência mas tens é ainda a esperança e o optimismo que eu perdi...

 

O Meu Lado B Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos