quinta-feira, 9 de maio de 2013

Pois que...

Publicado por Desnorteada às 5:54 da tarde

Na fronteira da pele não há cães polícias. Era isso mesmo. Na fronteira da pele. Onde eu acabo e tu começas. Onde eu passo de pecado em pecado. Deixo tudo e atravesso. Passo a linha e perco a calma. Na fronteira da pele não há polícia, não há controle.

Salman Rushdie

5 comentários:

Arnoldo Pimentel on 7:00 da tarde disse...

Tudo se mistura.Parabéns.

joão disse...

Gosto disto. :P

Anónimo disse...

andas a ficar mt saidinha da casca... :s

PM on 10:51 da tarde disse...

Na fronteira da pele é que as coisas ficam mais interessantes :P

Desnorteada on 12:28 da tarde disse...

Arnoldo Pimentel, mesmo.

João, eu também, confesso. :)

Anónimo, eu sempre fui saídinha da casca... :P

PM, tens toda a razão. ;)

 

O Meu Lado B Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos